Bancadas para cozinha industrial: 4 dicas que você precisa saber

Bancadas para cozinha industrial: 4 dicas que você precisa saber

As bancadas dificilmente são as grandes atrações dentro das cozinhas industriais. Contudo elas são indispensáveis, mesmo para as menores cozinhas.

Isso porque as bancadas para cozinha profissional oferecem total suporte para a manipulação e preparo de alimentos.

Portanto destacaremos 3 dicas sobre o assunto que poderão ajudar a otimizar os processos e utilizações do mobiliário em sua cozinha industrial. Aproveite e não deixe de ler os próximos parágrafos!

1. Prefira bancadas com superfícies de aço inox

Há muita discussão no meio profissional quanto ao material que deve ser usado nas bancadas para manuseio de alimentos, principalmente por conta das diversas interpretações que os órgãos de vigilância locais fazem sobre as normas da ANVISA.

Contudo indicamos fortemente que você utilize apenas bancadas de aço inox para sua cozinha industrial, devido às diversas características que fazem dela a melhor opção.

Veja os motivos pelos quais a bancada de aço inox se destaca entre as confeccionadas com outros materiais:

Bancadas de aço inox são aprovadas pela ANVISA

As bancadas de aço inox atendem a RDC 216 da ANVISA, pois possuem superfície lisa e não desenvolvem rachaduras e trincas em sua superfície, evitando o acumulo de líquidos, sujeira e restos de alimentos que possibilitam a proliferação rápida de microrganismos patogênicos.

A superfície dessas bancadas não são porosas e nem transmitem substâncias tóxicas, odores ou gosto, cumprindo todos os requisitos das normas .

Alta resistência das bancadas em inox

A bancadas de aço inox possuem alta resistência contra a oxidação atmosférica e podem suportar altas variações de temperatura sem apresentar nenhum dano.

Apesar de sua alta resistência, aconselhamos que você tome cuidado ao utilizar objetos pontiagudos diretamente sobre ela, pois estes podem gerar riscos, danificando a superfície.

Fácil limpeza por conta do aço inox

Iremos abordar a limpeza no próximo tópico, mas vamos adiantar: As bancadas de aço inox permitem perfeita limpeza e desinfecção com menor esforço se comparados com outros materiais.

2. Mantenha a limpeza das bancadas

Para manter a saúde alimentar dos produtos e seguir as normas de higiene é importante manter todos os equipamentos e utensílios da cozinha em um estado perfeito de limpeza, não sendo diferente no caso das bancadas.

  • Determine uma periodicidade: As bancadas e superfícies de manipulação devem ser limpas diariamente, quando precisarem receber outro tipo de alimento ou sempre que for visualmente necessário.
  • Realize a limpeza leve: Deve-se primeiramente retirar todos os resíduos com o auxílio de um tecido sintético umedecido ou esponja e depois lavar a superfície com detergente neutro e água, esfregando com esponja sintética e realizando o enxague abundante.
  • Utilize um processo de esterilização: A próxima etapa é banhar ou borrifar solução clorada contendo, no mínimo, 100 ppm de cloro livre por 10 à 15 minutos e posteriormente realizar o enxague retirando qualquer resíduo (1). Esse mesmo processo pode ser realizado aplicando-se álcool 70% com um pano sintético, utilizando água ozonizada, ou ainda outros produtos aprovados pelo Ministério da Saúde.

Inscreva-se e receba conteúdos exclusivos

3. Utilize as bancadas para organizar a produção

Muitas vezes os restaurantes, hotéis ou pequenos negócios de alimentação ainda não possuem praças ou estações de trabalho bem definidas dentro de sua cozinha. Essas áreas quando bem definidas facilitam o trabalho, diminuem o risco de contaminação e mantém a organização e um bom fluxo de produção.

Normalmente uma cozinha industrial possui diversas praças de produção, como: cozinha quente, cozinha fria, confeitaria, copa, área de limpeza e estoque. Cada uma delas é utilizada para um determinado processo ou espécie de alimento.

Essas divisões são feitas para que os produtos não sejam prejudicados por outros que estejam sendo produzidos ao mesmo tempo ou que já foram preparados, ou seja, para não sofrerem contaminação cruzada.

E é nesse ponto que as bancadas são importantes. Ao invés de montar várias cozinhas completas, você pode utilizar uma bancada para cada tipo de alimento. Dessa maneira você pode ter diversas praças ou estações de trabalho em um único e pequeno ambiente.

4. Usufrua dos diversos modelos de bancadas

No mercado há diversos tipos de bancadas para as mais diversas utilizações. Desse modo recomendamos que você analise todas as possibilidades e escolha a que melhor se encaixa ao seu negócio. Veja algumas opções:

  • Cubas: As bancadas podem possuir cubas de tamanhos diferentes, localizadas no centro ou lado que preferir, facilitando sua utilização.
  • Planos Inferiores: Esses podem ser lisos ou abertos e permitem o estoque de utensílios, equipamentos e insumos.
  • Superfícies: Também podem possuir superfícies lisas ou vincadas para realizar a contensão e evitar o derramamento de líquidos.
  • Espelho: Esse opcional também auxilia na contensão de água, evitando que ela escorra pela parede.
  • Mobilidade: As bancadas podem conter rodízios ou não, sendo “fixos” com sapatas ajustáveis às diversas superfícies e pisos.

Como sugerimos em nosso ebook, 4 Dicas para Profissionalizar seu Negócio de Alimentação, opte por equipamentos modulados, pois eles permitem maior mobilidade e flexibilidade nas mudanças de layout.

Quais dicas foram mais úteis para você? Qual nova dica você daria a outros leitores? Fique a vontade para escrever em nossos comentários.

Fonte: (1) Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria – ABIP


Bancada Inox para Cozinha Industrial da Mobikit