Check-list para montar um startup de alimentação

Check-list para montar um startup de alimentação

Iniciar seu próprio startup de alimentação (como restaurante, padaria, lanchonete e etc.) pode parecer um trabalho sem fim. Mas na verdade não é.

Sim, você vai ter que trabalhar duro, e se comprometem a trabalhar nele muitas horas por dia. Porém ter um check-list (lista de tarefas) para marcar cada etapa como realizada irá auxiliar você a não perder o controle de tudo.

Para isso criamos este check-list de atividades para criar sua empresa de alimentação. As tarefas foram divididas em sub-tópicos para facilitar a compreensão. Além disso algumas delas possuem links para que você entenda detalhadamente cada tarefa. Então vamos ao check-list!

1. Encontre uma boa ideia de negócio

Uma boa ideia de negócio não é apenas aquela que gera grandes lucros, mas sim aquela que se adapta muito bem a você, para o seu público-alvo, e para a sua localização. Você estará no negócio por um longo período, por isso é essencial escolher algo que goste de viver e respirar.

  • Realize uma análise SWOT (identifique seus pontos fortes e fracos)
  • Identifique qual tipo de negócio atende seus pontos fortes
  • Saiba como começar a investir nesse negócio
  • Defina o que significa sucesso para você
  • Faça uma pesquisa: Quais são as tendencias do mercado?

2. Teste sua ideia de negócio e faça um pesquisa de mercado

Como você saberá que encontrou uma ideia ótima e que ela irá funcionar completamente?

Existem algumas metodologias para descobrir se você está no caminho certo, como a Lean Planning. Se você não tem conhecimento na metodologia ou deseja fazer isso do modo mais prático não se preocupe.

Outro modo de testar sua ideia é conversar e entrevistar pessoas ao seu redor e aprender com elas, sabendo se o food service que você imagina será bem aceito pelo público que você tem em mente.

  • Defina o “problema” que seu negócio de alimentação deseja resolver
  • Resuma a “solução” oferecida por sua empresa
    • Quão urgentemente as pessoas precisam do que está oferecendo?
    • Seu negócio continuará a ser relevante conforme o tempo passa? Como você irá se adaptar?
  • Defina seu mercado-alvo
  • Identifique as vantagens que sua solução tem sobre seus concorrentes
    • Saiba quanto dinheiro e esforço irá custar para entregar valor
    • Conheça plenamente sua indústria, ramo e nicho
  • Descreva a equipe que irá ajudá-lo a executar sua ideia
    • Entenda as principais responsabilidades de cada membro da equipe
    • Defina se os membros da equipe compartilharão a propriedade do negócio
  • Crie um plano financeiro básico
    • Defina o investimento inicial que você precisará para iniciar o negócio de alimentação
    • Estime suas despesas básicas e preveja quantas vendas você deve realizar para lucrar com o seu negócio
  • Mapeie as metas de negócios, os objetivos e quando você pretende alcançá-los
    • Estime quanto tempo levará para alcançar o mercado
  • Valide a sua ideia
    • Entreviste potenciais clientes para garantir que eles tenham o problema que você está tentando resolver
    • Entreviste potenciais clientes para validar que sua solução é algo que eles queiram adquirir
    • Confirme se seus preços iniciais irão agradar os clientes

3. Realize um plano de negócios formal para conseguir financiamento

Você não precisa de um plano de negócios de 40 páginas para colocar seu startup de alimentação em funcionamento, a menos que você esteja procurando determinados tipos financiamento. Neste caso, algumas instituições como bancos podem pedir um plano de negócios para autorizar esse empréstimo.

Por isso pergunte às financiadoras se um “plano de negócios de uma página” será suficiente, ou se eles gostariam de um plano de negócio tradicional com uma secção financeira detalhada (esta é a parte que você deve prestar mais atenção).

Preencha as seções do plano de negócios do startup:

  • Escreva seu resumo executivo
  • Escreva a visão geral da empresa
  • Liste seus produtos e serviços e os problemas que estão resolvendo ou ainda as necessidades que estão suprindo
  • Defina os detalhes do seu público-alvo
  • Crie um plano de marketing e vendas
  • Destaque os principais marcos e métricas
  • Liste sua equipe de gerenciamento
  • Crie um plano financeiro
  • Inclua um apêndice
  • Crie um passo a passo de crescimento

Se você precisa de um auxílio para formular um plano de negócio, peça ajuda a instituições como o Sebrae.

4. Marque sua startup de alimentação

Uma marca forte é a chave para a fidelização de clientes e vendas mais elevadas. Se você acha que isso é apenas para grandes empresas, desmonte essa ideia. Uma marca  bem definida é fundamental para empresas de todas as formas e tamanhos.

Este é o lugar onde todo o trabalho duro compensa. Agora você sabe um pouco mais sobre seu público-alvo, você tem a oportunidade – através de sua marca – de capturar a atenção dele. E claro, para se divertir fazendo isso!

  • Escolha um nome para o seu negócio
  • Defina a “mensagem” que sua marca deseja passar.
    • Desenvolva um slogan
    • Identifique o “tom de voz” da sua marca – o que você diz e como você diz
  • Defina a identidade visual da sua marca
    • Escolha um esquema de cores
    • Escolha suas fontes
  • Crie um logotipo

5. Torne-se um food service legal

Antes que você possa abrir um food service e começar a vender, você tem que se certificar que todas as tarefas legais foram cumpridas. Você registrou o nome da sua empresa? Você segue todas as normas locais e estaduais? Está contratando os funcionários de maneira legal? São muitas as tarefas, então se atente.

  • Decida como será seu tipo de negócio
  • Registre o nome da sua empresa
  • Registre para um nome de domínio que corresponda ao nome da sua empresa
  • Arquive para proteção de marcas se você vai usar o nome da startup para identificar um produto ou serviço
  • Obtenha todas as licenças federais, estaduais e locais
  • Realize o cadastro fiscal da empresa
  • Encontre um advogado especialista caso precise de ajuda

6. Obtenha um financiamento (apenas se você precisar dele)

Embora nem todas as startup de alimentação precisam de financiamento externo, a maioria das empresas exige alguma ajuda, pelo menos no início. Se você já desenvolveu seu plano de negócios e identificou suas finanças, agora é hora de requerer um financiamento por meio de um banco, ou até sua família.

  • Estime seus custos de inicialização
  • Decida se você vai usar finanças pessoais, empréstimos, dinheiro dos investidores, dinheiro de amigos e familiares, ou outra alternativa
  • Elabore as demonstrações financeiras relevantes
    • Previsão de vendas
    • Demonstração de resultados
    • Demonstração do fluxo de caixa
    • Balanço
  • Solicite um financiamento
  • Abra uma conta bancária empresarial
  • Configure um sistema de contabilidade
  • Conheça sua estratégia de retorno do investimento

*É importante notar que nem todas as startups de alimentação precisam de financiamento.

7. Configurar a loja da startup

Você está quase pronto para abrir seu negócio, faltam apenas algumas tarefas. Após encontrar um local, configurar as instalações, como cozinha e restaurante, e definir as ações de contratação, você estará pronto para começar a comercializar em seu startup de alimentação.

  • Localizar um ponto comercaial
  • Decidir quais serão as formas de pagamento
  • Seguro de compra (o tipo de seguro que você precisa irá variar dependendo do seu negócio)
    • Seguro de acidentes de trabalho
    • Seguro de responsabilidade civil geral
    • Cobertura de propriedades ou acidentes
    • Seguro de vida
    • Seguro de invalidez
    • Seguro de saúde
  • Definir suas necessidades de pessoal
    • Você precisa de tempo integral, a tempo parcial ou trabalhadores independentes?
    • Elaborar descrições de cargos
    • Publique anúncios para os trabalhos
  • Entrevistar candidados
  • Contratar funcionários
  • Configure sua tecnologia
    • Sistemas de ponto de venda (POS)
    • CRM
    • Sistemas de pagamento e faturação
    • Contabilidade
    • E-mail
    • Sistemas de telefone

8. Comercializar e lançar o seu novo negócio

É hora de começar a anunciar o dia de abertura para o seu público. Esta é a sua oportunidade para fazer as coisas com um estrondo! Se você der tempo suficiente, a imprensa pode pedir para executar uma história sobre você, e, claro, você será capaz de espalhar a palavra a si mesmo, bem como pedir aos outros para fazer o seu pouco recebendo a palavra para fora.

  • Criar um plano de marketing
  • Comercializar seus produtos
    • Realizar comunicação (fale com as pessoas!)
    • Crie seus materiais de marketing
      • Visual da loja
      • Papelaria, faturas e apresentações digitais
      • Folhetos e folhetos
      • Crie um website
        • Registrar um nome de domínio (se você não fez isso quando registrou seu nome comercial pela primeira vez)
        • Comprar hospedagem
        • Criar seu site
        • Listar seu site nos principais diretórios
      • Configurar em plataformas de mídia social
      • Se necessário, criar camisetas ou uniformes
    • Deixe a imprensa saber quando você está abrindo
    • Organizar um dia de abertura

Agora que você tem uma lista detalhada de tarefas é só colocar tudo em prática! Assim, tenha certeza que ao fim de sua jornada para abrir sua startup de alimentação você tenha realizado todas as tarefas e que não tenha esquecido de nada. Isso auxiliar em seu sucesso!

Tem dúvidas? Deixe seu comentário e conte com nossa ajuda!

Matéria traduzida livremente de http://articles.bplans.com/business-startup-checklist/