Como montar uma cozinha industrial?

Como montar uma cozinha industrial?

O sucesso de um empreendimento com foco na gastronomia depende de diversas escolhas que seu gestor deve fazer. Dentre essas decisões, que vão afetar diretamente o sucesso do negócio, está a maneira de montar a cozinha industrial do estabelecimento.

Isso porque é nesse ambiente que será realizado todo o manejo dos alimentos, desde a conservação de cada ingrediente até a receita pronta. Com isso considerado, que tal descobrir o jeito certo de montar a sua cozinha?

Como a estrutura da cozinha industrial precisa ser pensada?

É importante estruturar a cozinha de maneira racional, pois, assim, o aproveitamento do espaço será total. Além disso, uma cozinha industrial bem planejada promove: otimização de tempo e alta eficiência em cada etapa produtiva do preparo de alimentos.

Por isso, o layout da cozinha precisa de atenção especial. Seu projeto deve ser pensado considerando o tipo de refeições que ali serão preparadas, a quantidade de pessoas envolvidas no processo produtivo e também o fluxo de cada processo.

Quais as máquinas e os equipamentos fundamentais?

Para montar sua cozinha industrial, são indispensável alguns elementos, que variam de acordo com o empreendimento. Abaixo, uma lista com os 15 itens mais necessários em cozinhas industriais:

  1. Fogões industriais;
  2. Fornos combinados;
  3. Coifas;
  4. Armários;
  5. Processadores de alimentos;
  6. Extratores de sucos;
  7. Geladeiras;
  8. Freezers;
  9. Fritadeiras;
  10. Chapas;
  11. Balanças;
  12. Panelas;
  13. Talheres de serviço;
  14. Pias de aço inox;
  15. Balcões, bancadas e mesas.

Você pode conhecer a lista completa de equipamentos para cozinha industrial.

Quais são os cuidados essenciais ao montar a cozinha?

Levando em conta que há uma série de normas e especificações da vigilância sanitária em relação à manipulação de alimentos, o ideal é já, ao montar a cozinha, preparar tudo de forma a entender a legislação.

Entre os pontos principais a ter em mente, nesse sentido, estão os seguintes:

  • Evitar o cruzamento de alimentos;
  • Posicionar fogões e fornos longe da área de armazenagem e preparo dos alimentos;
  • Adotar o uso de mobiliário em material não poroso — de preferência, ter móveis de cozinha fabricados em aço inox;
  • Optar por pisos fáceis de lavar e de manter limpos;
  • Criar espaços de armazenagem de alimentos distantes dos destinados ao seu preparo;
  • Destinar lugares para o lixo, sempre longe da área dos alimentos,
  • Proteger as lâmpadas com globos, a fim de eliminar o risco de que estourem e espalhem resíduos sobre os alimentos.
  • Jamais armazenar produtos de limpeza próximos aos alimentos;
  • Em hipótese alguma, deixar os alimentos no chão;
  • Instalar o gás na parte externa da cozinha.

Quais os cuidados em relação à legislação é preciso ter?

No item anterior, você conheceu algumas condutas e cuidados a tomar para montar sua cozinha industrial de maneira a atender a legislação. Elas são básicas para o seu negócio, assim como conhecer na íntegra as leis que regem o setor de preparo de alimentos. Isso antes mesmo de colocar sua cozinha em funcionamento.

Descobrir as leis que regulamentam as cozinhas industriais em sua região é fundamental ainda para que você aja de forma preventiva, eliminando possíveis problemas, tanto em relação à higiene quanto em relação a acidentes que podem acontecer nesse ambiente.


Tudo que elencamos acima tem o propósito de auxiliá-lo a fazer as melhores escolhas na hora de montar sua cozinha industrial. Vale, ainda, ressaltar que a qualidade de cada elemento que compuser esse espaço chave está estreitamente ligada ao resultado do negócio de alimentos.

Agora que você está mais por dentro de como montar sua cozinha industrial, garanta o sucesso do seu empreendimento: baixe já nosso e-book sobre os 6 mandamentos para encantar e atrair mais clientes para seu restaurante!