Cuidados na exposição e conservação dos alimentos em Buffet Self-Service

Cuidados na exposição e conservação dos alimentos em Buffet Self-Service

Self-services são um sucesso com os clientes no ramo da alimentação por serem rápidos, práticos e bastante acessíveis. A praticidade em servir-se e comer rapidamente é sustentada por todo um processo de segurança que garante que o consumidor se alimente de maneira segura e sem contaminação. Confira, abaixo, os cuidados essenciais para conservação e proteção dos alimentos em exposição no Buffet Self-Service.

 

Atenção à Mudanças de Temperatura

Para evitar qualquer contaminação, fique de olho nas temperaturas. Alimentos quentes expostos precisam ficar a 60°C por, no máximo, 6 horas. Já os alimentos frios, não podem exceder os 5°C e precisam de reposição após 4 horas. Os pratos quentes devem ser levados quentes para os balcões buffet que servem apenas para manter as temperaturas e não para esquentá-los. Já os alimentos servidos frios, devem ser expostos na temperatura adequada (refrigerados), pois as pistas frias vão apenas manter a temperatura durante a exposição. O ideal é que os alimentos sejam expostos em pequenas quantidades e que sejam repostos várias vezes, assim, além da qualidade, você estará garantindo uma melhor apresentação dos produtos.

 

Proteja os Alimentos

O cuidado com os alimentos servidos não deve ser só relacionado aos funcionários do seu restaurante. Você também deve se atentar à contaminação que pode vir dos próprios clientes. Escolha modelos de balcões buffet ( balcões para self-service ) que tenha uma proteção de vidro, conhecida como “protetor salivar”. Assim você vai proteger os alimentos de possíveis perdigotos de saliva, que caem naturalmente quando se fala, e fios de cabelo, que podem ir direto para os alimentos expostos. Se os seus balcões de servir alimentos não tiver este tipo de proteção, você pode instalar.

 

Conservação dos Alimentos: Banho Maria X Pista Seca

As duas práticas de conservação de alimentos mais comuns hoje são através do uso de balcões buffet com banho Maria ou com balcões buffet com pista seca. Apesar das duas técnicas serem populares, existem algumas diferenças entre elas. Seguem, abaixo:

* Enquanto a pista seca fica pronta, ou seja aquecidas no ponto certo para receber os alimentos em apenas 10 minutos, o método tradicional, que utiliza banho maria, deve ser ligado muito tempo de antecedência.

* O buffet aquecido a seco dispensa o processo de abastecer e retirar a água todos os dias, assim, reduz a mão-de-obra e economiza o tempo da equipe.

* A pista quente com resistência seca utiliza em média 50% de energia a menos que os equipamentos que fazem uso do sistema convencional (banho maria).

* Na pista seca, ao retirar a cuba GN para reposição de alimentos, não há liberação de vapor, avitando, assim, os riscos de acidentes e melhoria da qualidade.

 

Esses são alguns cuidados básicos para garantir uma exposição e conservação segura dos alimentos em restaurantes e estabelecimentos com buffet self-service. Analise os pontos e escolha a técnica de conservação mais vantajosa para seu modelo de negócios.

_________________________________________________________________________

Quer saber mais sobre este assunto? Pesquise sobre Balcões Térmicos Self-Service no nosso site, www.mobikit.com.br. Em caso de dúvidas ou pedidos de compra, acesse nossa página de contato: www.mobikit.com.br/entre-em-contato.